terça-feira, 15 de novembro de 2016

Analfabetismo Funcional

Estreou ontem no GNT a série “Minha estupidez”. No programa a atriz Fernanda Torres finge uma "estupidez" que obviamente não tem e deixa o convidado falar à vontade.



Gravado há oito anos, o episódio de ontem foi também uma homenagem a um dos grandes escritores brasileiros do século XX, João Ubaldo Ribeiro, falecido em 2014.
Ela conversou com o escritor sobre sua formação e sobre a educação severa que recebeu do pai, que "não queria ter um filho analfabeto" e o obrigou,  nas séries iniciais do primeiro grau,  a ler um livro inteiro.
Ele relatou que começou a leitura devagarinho, soletrando, titubeando, com muita dificuldade, mas, ao final da extensa obra, já lia fluentemente.
Como ao final teria que relatar o enredo ao pai, foi obrigado a empenhar-se dedicando boa parte do tempo fora da escola à leitura para entendimento do texto.

O relato do escritor vem de encontro com minha ideia descrita AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vou adorar ler seu comentário, além é claro, do prazer enorme de saber que passou por aqui.