Pular para o conteúdo principal

Coragem Meu Povo

Sou otimista/ realista. Como diz a velha frase "não adianta chorar o leite derramado". Então,  só nos resta encarar os fatos e partir para ação.
Precisamos  crer e temos que provar ao mundo que somos maiores que tudo isso que nos aconteceu, e desabou sobre nossos ombros,  nossas casas e atingiu nossas famílias.
Nos anos 90 li  “A emoção e a regra: os grupos criativos na Europa de 1850 a 1950” de Domenico De Mazi, professor de sociologia do trabalho na Universidade de Roma, consultor de grandes corporações como a IBM, a Glaxo e a Fiat, já falava em ócio criativo. Dizia que a criatividade é o maior capital dos países ricos e que somente ela garantiria emprego no futuro porque, com o advento da robótica, funções  meramente mecânicas e repetitivas  deixariam de existir.
O momento é de empreendedorismo, criatividade, força e fé. Até porque mesmo não sendo economistas nem administradores de empresa a gente sabe que existem setores que estão crescendo apesar da crise.
                  
Manifesto 2015/16

É hora de pensar grande.
O tamanho do nosso país, quase um continente, não pode definir as fronteiras dos negócios.
Empresas nascem para crescer, conquistar territórios e novos consumidores.
Estejam eles por perto ou a centenas de quilômetros.
Hoje, transações acontecem em qualquer língua, a toda hora e em qualquer lugar.
Mercados não são mais locais, e sim globais
E neles circulam mais de sete bilhões de pessoas.
Todas conectadas.
É hora de mostrar que os produtos e serviços made in Brazil têm competitividade e criatividade.
E, por isso, valem muito.
Assim como tem muito valor a capacidade de inovação dos brasileiros.
Uma nação de empreendedores não deve estreitar seus limites.
E nem se acanhar diante de crises e casos de corrupção.
Porque, daqui a pouco, esses episódios também serão passado.
A economia é feita de ciclos, que vêm e vão.
Os bônus que nos foram dados são passageiros também.
É preciso agarrar, agora, a chance de ser um player do tamanho que merecemos.
O país não pode desperdiçar a exuberância demográfica, a vitalidade dos jovens empreendedores e as novas janelas de oportunidade que se abrem em todos os continentes.
É hora de simplificar regras. Enxergar longe. Explorar o novo.
E exportar
Frederic Zoghaib Kachar
Diretor Geral da Editora Globo






A expressão acima que significa  “mantenha-se calmo e siga em frente” foi criada pelo governo da Grã Bretanha em 1939, no início da Segunda Guerra Mundial, a fim de tranquilizar o povo em caso de invasão territorial. Em 2000, um cartaz da época foi redescoberto e reproduzido em grande escala como tema de decoração. Recentemente, nas redes sociais, surgiu a moda de mudar a frase original, acrescentando algo engraçado exemplo: Keep calm and call Batman (mantenha-se calmo e ligue para o Batman).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conserva de Pimentão Assado.

O pimentão sem a casca não é indigesto e ainda por cima fica adocicado e muito saboroso. Minha mãe fazia essa conserva e resolvi tentar. Fiz uma usando pimentões vermelhos e outra bem patriota, com pimentões verdes e amarelos.
Ingredientes: Pimentões; Sal; Pimenta calabresa; Azeite; Alho. Louro, orégano, alecrim e tomilho fresco.
Preparo: Esterilizei um vidro com tampa, colocando-o em água fervente, sem a tampa por alguns minutos. Retirei e deixei esfriar naturalmente sobre um pano de prato limpo com a tampa e o bocal voltados para baixo. Enquanto eles esfriavam lavei bem os pimentões.  Coloquei numa assadeira forrada com papel alumínio e um pouco de água. Deixei no forno baixo virando de vez em quando até que a pele escureceu por igual. Com esse procedimento a pele soltou facilmente. Retirei e deixei esfriar.   Depois, abri os pimentões com um corte vertical, separando-os em duas bandas. Retirei as sementes, reguei com azeite, sal e pimenta. Finalmente inseri as tiras de pimentão no …

Estrelas em Ponto Cruz

Garimpado no Pinterest