domingo, 24 de janeiro de 2016

Ariano Suassuna não gostava de viajar




“Não. Não saí, continuo aqui. Olha, vai lhe parecer até estranho, mas um mês atrás eu fui convidado a ir para o Marrocos, que é até um país que, se fosse ali em Alagoas, eu ia. Mas longe do jeito que é não vou não. Tenho horror a viajar, eu não gosto de viajar.”

Palavras de Ariano Suassuna em entrevista dada à Folha de SP em 26/10/91 e por ele repetidas em diversas outras ocasiões. Ouvi Suassuna comentar isso no Programa do Jô e acrescentou que àquela altura da vida até viajar pelo Brasil ele não queria mais. E não era por economia - o programa que o convidava pagava todas as despesas...

É claro que ele não é o único caso. Existem muitas pessoas assim, que não trocam seu conforto, sua rotina, por nada neste mundo.
Recebo diariamente várias recomendações de que não devemos acumular riquezas na terra, de que gastar com viagens é a forma mais correta de empregar nossa energia, tempo  e recursos. Que isso sim é viver.

Isso porque quem viaja acha que todos devem fazer o mesmo. Os adeptos de investimentos bancários  também querem impor seu modo de vida e bradam que estamos em crise e é preciso “guardar das risas para o choro” como diria minha avó. E por falar em antigos tem ainda aqueles que defendem a  ideia de que o melhor investimento é em tijolos (imóveis) porque tudo o mais tornou-se arriscado.

Tenho profundo respeito pelo direito que cada pessoa tem de fazer suas próprias escolhas, de dirigir sua vida como lhe apetece - quem sou eu para dizer como cada um deve viver, gastar seu tempo, seu dinheiro?

E para terminar o assunto com chave de ouro vou dizer uma frase deveras original: "me poupem!"


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vou adorar ler seu comentário, além é claro, do prazer enorme de saber que passou por aqui.