domingo, 14 de setembro de 2014

Regras nas Redes Sociais

Viver em sociedade é uma batalha cotidiana em busca de um objetivo central: ser aceito. Mas para ser aceito, precisamos seguir as regras do convívio social.
Este texto na verdade é um desabafo contra essa mania que algumas pessoas tem de ditar regras para os outros - as clássicas citações pseudo-filosóficas, compartilhadas infinitamente nas redes sociais - as frases de fulano e cicrano mencionadas sistematicamente, exaustivamente e exatamente pelas pessoas que menos as seguem...
Isso virou febre nas redes sociais.
Há uma linha muito tênue entre "hobby" e "doença mental" e aqueles que passam seus dias no Facebook dizendo em quem devemos votar o que precisamos saber como devemos nos comportar, na verdade estão precisando de tratamento sério.
Quem não tem entre os amigos aquela pessoa que sutilmente sugere que é ostentação e falta de humildade postar fotos de eventos e viagens, mas fica magoada quando ninguém curte as fotos desse tipo que ela mesma posta?
Enfim, são pessoas que criam regras que não cumprem, impõem comportamentos que não têm, esperam o respeito e a consideração que não dão e ditam princípios que não seguem.
Muitos reclamam do Facebook, do Twiter, mas o problema não está neles e sim na escolha das amizades - na verdade são as pessoas que tornam essas redes irritantes transformando em palanque para suas bandeiras um espaço que deveria ser de interação sadia e diversão.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vou adorar ler seu comentário, além é claro, do prazer enorme de saber que passou por aqui.