Pular para o conteúdo principal

O Brasil do Futebol X O Brasil da Educação.


Via Shannon Carroll Pinterest


O Brasil perde a copa. Leva uma goleada de sete a zero da Alemanha e, apesar dos jogadores ganharem milhões, a mídia em geral declara que a culpa não é só deles.

Na visão  jornalística, a responsabilidade pelo mau resultado é também do técnico, da CBF, da FIFA e até do governo do PT.

Agora vem a pergunta que não quer calar:

Por que quando o assunto é educação, o professor da escola pública que:

1 - ganha uma miséria (mesmo com nível universitário);

2 - enfrenta péssimas condições de trabalho em salas superlotadas, sem ajuda sequer de uma equipe de apoio (psicólogos fonoaudiólogos).

3 – não têm condições financeiras para atualização cultural (aquisição de livros, jornais etc.).

4 – depara-se com a total falta de comprometimento, por parte de grande parte das famílias de baixa renda, com a educação da numerosa prole.

5 – sozinho em classe, tem de lidar com a violência dos alunos que, amparados pelo ECA, desrespeitam e chegam até a agredir fisicamente colegas, professores e funcionários das escolas públicas;

6 – tem que manter em sala de aula dependentes químicos que entram na escola sob o efeito de drogas ou em plena crise de abstinência e, além de não aprender nada, causam transtornos disciplinares impedindo que os colegas de classe sequer ouçam o professor explicando a matéria;

7 – trabalha, em plena era da informática, contando apenas com giz branco e apagador (isso na grande maioria das escolas públicas);

8 – é rotulado pela maior parte das famílias, mídia e governantes de incapaz, incompetente e outros adjetivos similares.

É RESPONSABILIZADO SOZINHO PELA PÉSSIMA COLOCAÇÃO DO BRASIL NO RANKING MUNDIAL DE EDUCAÇÃO?

Que forças ocultas fazem com que essa mesma mídia que calorosamente defende os jogadores, não tenha a mesma atitude em relação aos profissionais da educação?

Na verdade, a desvalorização sistemática do trabalho docente é promovida por veículos de comunicação financiados por governantes inescrupulosos que, na tentativa de livrar-se da sua responsabilidade no caso, tratam de disseminar a ideia de que o professor sozinho, trancado na sala de aula, sem vez e sem voz na mídia, pode (nas condições acima descritas) mudar a realidade educacional deste país.

Observe que os professores não criam as políticas públicas de educação e nem sequer são chamados a opinar sobre o assunto (as regras "do jogo" são impostas de cima para baixo), mas quando o resultado é ruim (diferentemente do caso dos jogadores) têm que arcar sozinhos com a responsabilidade e são acusados e criticados publicamente pelo fracasso.

É fácil encontrar reportagens nas quais é enfatizada a ideia de que os profissionais da educação precisam ser  "capacitados" para exercício de sua função. Vemos engenheiros, economistas, jornalistas, donas de casa, governantes sendo entrevistados propondo soluções "pedagógicas" sobre questões educacionais, mas NUNCA veremos um professor (que atue em sala de aula do ensino fundamental) falando na mídia sobre o assunto...

Comentários

Postar um comentário

Vou adorar ler seu comentário, além é claro, do prazer enorme de saber que passou por aqui.

Postagens mais visitadas deste blog

Conserva de Pimentão Assado.

O pimentão sem a casca não é indigesto e ainda por cima fica adocicado e muito saboroso. Minha mãe fazia essa conserva e resolvi tentar. Fiz uma usando pimentões vermelhos e outra bem patriota, com pimentões verdes e amarelos.
Ingredientes: Pimentões; Sal; Pimenta calabresa; Azeite; Alho. Louro, orégano, alecrim e tomilho fresco.
Preparo: Esterilizei um vidro com tampa, colocando-o em água fervente, sem a tampa por alguns minutos. Retirei e deixei esfriar naturalmente sobre um pano de prato limpo com a tampa e o bocal voltados para baixo. Enquanto eles esfriavam lavei bem os pimentões.  Coloquei numa assadeira forrada com papel alumínio e um pouco de água. Deixei no forno baixo virando de vez em quando até que a pele escureceu por igual. Com esse procedimento a pele soltou facilmente. Retirei e deixei esfriar.   Depois, abri os pimentões com um corte vertical, separando-os em duas bandas. Retirei as sementes, reguei com azeite, sal e pimenta. Finalmente inseri as tiras de pimentão no …

Estrelas em Ponto Cruz

Garimpado no Pinterest