quarta-feira, 30 de abril de 2014

O significado do elefante no meio da sala.

Diante de certos fatos lembrei daquela velha história do elefante no meio da sala. Todo mundo sabe que ele existe, está lá, anda de um lado para o outro, balança sua tromba pra lá e pra cá mas todos fingem não ver e ninguém toca no assunto, na esperança de que, em algum momento, o problema desapareça. Ou seja, as pessoas ignoram o "elefante" pra ver se ele vai embora. Os que deliberadamente agem desse modo justificam-se assim:

1. Não tomei conhecimento oficial do elefante no meio da sala por isso ele não pode estar lá.

2. Os meus princípios (morais, éticos, religiosos) me proíbem de ver elefantes, então vou fazer de conta que o elefante não existe.

3. Eu sei que o elefante veio parar no meio da sala, mas se ninguém comentar o assunto, ele acabará saindo e todos esquecerão o fato.

4. Se ignorarmos as provas visuais, quem poderá dizer que o elefante está passeando na sala?

5. Não foi na minha casa que o bicho entrou, então deixa o pobre elefante em paz.

Google imagens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vou adorar ler seu comentário, além é claro, do prazer enorme de saber que passou por aqui.