Pular para o conteúdo principal

Segredos para uma pizza Marguerita perfeita


A escolha por ingredientes de primeira é fundamental para o sucesso da massa.
O queijo ideal é a mussarela de búfala – única que recebe, na Itália, a denominação “mozzarella”. Ela tem menos gordura e não possui conservantes. Por isso, o sabor não compete com o do tomate.
Use tomates do tipo italiano, bem maduros
Pique o tomate em cubinhos e coloque numa peneira fina, se possível de aço, e deixe escorrendo pelo maior tempo possível. Livre-se de todo o liquido “claro” que o tomate irá verter porque nessa água está a acidez e ela é a maior responsável por aquela sensação de peso no estômago depois da pizza. Esse processo também evitará que o tomate umedeça a massa fazendo com ela fique molenga e borrachuda.
Ao esticar a massa, sempre deixe uma borda (fina ou grossa - depende de sua preferência). O importante é que tenha uma borda para conter o queijo para que ao derreter, ele  não escorra para a assadeira - a  massa ela deve ser um pouco mais fina no centro e ter de 1,5 cm a 2,0 cm de borda.
Pré asse a massa. Retire do forno e só então cubra o disco de pizza com esse molho cru. Aí está outro truque - na pizza o molho deve ser empregado cru para evitar que fique parecendo molho de macarronada.
Asse a massa em forno pré-aquecido 180° até que ela adquiria consistência. Retire e coloque os tomates e o queijo.  Volte ao forno até dourar e assar completamente. Se desejar, polvilhe com queijo ralado e/ou adicione rodelas de tomate cru (eu prefiro sem esses dois ingredientes.
Só na hora de servir, espalhe as folhas de manjericão frescas.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conserva de Pimentão Assado.

O pimentão sem a casca não é indigesto e ainda por cima fica adocicado e muito saboroso. Minha mãe fazia essa conserva e resolvi tentar. Fiz uma usando pimentões vermelhos e outra bem patriota, com pimentões verdes e amarelos.
Ingredientes: Pimentões; Sal; Pimenta calabresa; Azeite; Alho. Louro, orégano, alecrim e tomilho fresco.
Preparo: Esterilizei um vidro com tampa, colocando-o em água fervente, sem a tampa por alguns minutos. Retirei e deixei esfriar naturalmente sobre um pano de prato limpo com a tampa e o bocal voltados para baixo. Enquanto eles esfriavam lavei bem os pimentões.  Coloquei numa assadeira forrada com papel alumínio e um pouco de água. Deixei no forno baixo virando de vez em quando até que a pele escureceu por igual. Com esse procedimento a pele soltou facilmente. Retirei e deixei esfriar.   Depois, abri os pimentões com um corte vertical, separando-os em duas bandas. Retirei as sementes, reguei com azeite, sal e pimenta. Finalmente inseri as tiras de pimentão no …

Estrelas em Ponto Cruz

Garimpado no Pinterest