quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Romã.


"Pois, diante desse imenso ponto de interrogação que é o futuro de todos nós, reformulei minhas crenças: estou me dando o direito de não pensar tanto, de me cobrar menos ainda e deixar para compreender depois. Desisti de atracar o barco e resolvi aproveitar a paisagem." (Martha Medeiros)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vou adorar ler seu comentário, além é claro, do prazer enorme de saber que passou por aqui.